.

.

.

.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

AS EGOTECAS

O FACEBOOK é a maior EGOTECA de que se tem notícia na Galáxia. Os EGOS do FACE só querem se exibir. Ninguém quer se relacionar de fato.É um cemitério de valores onde os perfis são as gavetas. Todo mundo engavetado fingindo que quer ter muitos amigos. Aliás,o conceito de amigo mudou muito. O amigo é por escrito.Não tem voz. O amigo curte e cutuca;esses são os grandes feitos da amizade FACE. Ah, o amigo FACE também compartilha e isso parece ser o máximo da solidariedade humana. É um amigo feito de letrinhas. Só vês as fotos do grande amigo e é claro, os feitos do grande herói. É um amigo sem cheiro. Por um lado é bom ser inodoro. Amigo do FACE não tem meteorismo intestinal. Está sempre posando, escolhendo o melhor ângulo para que você o admire. No FACE, o amigo fica famoso e está sempre conectado para poder colher os frutos da sua glória virtual. E enche o saco fazendo um relatório minucioso de tudo o que faz: "Hoje comprei a minha passagem para Nova York. "E depois temos aquele camião de fotos. Ninguém merece viver nestes "tempos tão líquidos."É um amigão! Eu sou contra Roberto Carlos quando ele pretende ter um milhão de amigos, mas esses amigos do FACE são mais fajutas que o romantismo do rei. Acho que também devemos cultivar alguns inimigos. Os inimigos são a prova indisputável de que você vive a sua própria vida e não a dos outros,  no mundo doente dos outros. (Podíamos lançar o ASSBOOK com o perfil dos desafetos.) Cutucar e curtir são as duas grandes atitudes a tomar numa amizade FACE-FAKE. O FACE é um teatro dos horrores (eu sei que também existe o circo dos horrores, mas esse tem lugar fixo, está sempre em Brasília.) onde tudo é editado até o cocô da manhã. A que ponto chegamos! Imaginem a cena. O cara, domingo à tarde, conectado e vendo o desfile de rostos daqueles que dizem ser os seus amigos FACE e ele afogado num poço quase fatal de solidão pura. Que babaquice! Babaca, tudo bem, babacófilo, aí já é demais. O culto à BABAQUICE prolifera mais que as igrejas evangélicas. O Babaca hoje, tem seguidores fiéis no FACE no TWITTER e nas esquinas da internet. Criaram uma nova religião ao que parece. Quem tem seguidores inaugurou uma nova seita no mínimo. Ninguém acredita mais em ninguém. É um faz -de- conta revoltante. O que chamam de amizade, na grande maioria das vezes é vampirismo emocional. Os "amigos" chupam os âmagos uns dos outros. Todo mundo chupado e com os âmagos rubros e intumescidos, uma espécie de infecção anímica. Todavia, e isto já foi deletado, o verdadeiro sentimento da amizade dá novo sentido à vida. Nunca existiram tantos cachorros no Rio de Janeiro. O pessoal acredita muito mais nos sentimentos caninos do que em qualquer outra coisa. Em termos de afeto, a cachorrada compete até com os Orixás. Gastam uma grana preta com cachorro. É tosa, é shampoo, é sapatinho, é lacinho, é perfume no rabo e o escambau! Cachorro virou gente e há quem jure que é um grande ser humano. E o ser humano virou cachorro,au au!


Nenhum comentário:

Postar um comentário