.

.

.

.

sexta-feira, 14 de junho de 2013

A FÓRMULA DA FELICIDADE

É impressionante o número de pessoas e publicações que pretendem nos ensinar a fórmula da felicidade ou do bem-estar. As pessoas querem ser felizes às custas do outros. Alguém descobriu a fórmula, eu sigo os passos e sou feliz. O maior compêndio de Receitas de Felicidade é a bíblia. Para não falar das revistas, dos jornais e dos famosos livros de auto-ajuda (Eta expressãozinha infeliz! Em francês se diz "Développement Personnel" - Desenvolvimento pessoal, muito mais adequado.) Siga a receita e a felicidade te espera. Simples pra caramba.
Ninguém quer ir em busca de si próprio e por conseguinte da sua própria felicidade. Preferem uma receita. Mas como uma única receita pode servir a milhões de pessoas? A felicidade é coisa muito íntima.
A despeito disso, não faltam apelos do tipo : 10 dicas para ... Aprenda a ... O povo consome receitas de felicidade como quem consome pão. É o que eu poderia chamar de Indústria da Felicidade. Ganham milhões de dólares  oferecendo felicidade e bem-estar. Ganham muito dinheiro mesmo porque este planeta e esta civilização estão projetados para fazer infelizes. Uma pessoa MUITO feliz nem teria lugar neste manicômio. Tudo foi concebido para acolher infelizes.
Em todas essas receitas estúpidas sempre falta o ingrediente fundamental: a solidão.( Por incrível que possa parecer.) A felicidade é um bem interior. Sempre direcionam as pessoas para coisas exteriores. Esta estratégia está completamente equivocada. A felicidade não está em Nova York, nem em Paris. Antes de morar em Paris, em Nova York ou no Rio de Janeiro, você mora dentro de si. A felicidade está dentro de você onde quer que você se encontre. O seu mérito é achá-la ao achar-se. A felicidade é você na plena posse de si mesmo. A felicidade é a sua infância, a sua adolescência, a sua história aceita e amada. A felicidade não é um concurso de circunstâncias; a felicidade é uma disposição da mente.
E apenas quem também se permite estar só, pode eventualmente se encontrar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário