.

.

.

.

quarta-feira, 19 de junho de 2013

LOUCOS EM CONFLITO

"O homem é tão necessáriamente louco que não ser louco, seria uma outra forma de loucura."
Blaise PASCAL
A NORMALIDADE é a LOUCURA DA MAIORIA. O comportamento da maioria determina o que é considerado normal ou não. A Sociedade classifica como loucos todos aqueles que de alguma forma não seguem o padrão comportamental da maioria. Conclui-se pois, que não existe loucura pior ou melhor; é só uma questão de número.
Os que são catalogados como loucos apenas têm uma vida mental alternativa. O que me interessa em tudo isto é se a pessoa é FELIZ. Se o tipo de loucura traz  sofrimento não é uma loucura boa. Quem sofre tem que mudar de loucura. Quem é feliz tem que continuar na sua loucura. Loucura só vale a pena se te faz FELIZ.
Será que a loucura da maioria que os humanos chamam de Normalidade traz a felicidade? Tenho certeza absoluta que não. Então não vale a pena ser normal. Ser normal é tentador por causa da companhia. São bilhões de normais. A maioria pesa toneladas e toneladas intimidatórias. Ter uma loucura alternativa é um pouco solitário, mas se você for feliz assim, vale muito a pena.
A loucura dos outros não incomoda minimamente a minha loucura. Estou plenamente satisfeito com a minha loucura porque sou feliz. E você?
O que se vê no mundo é uma guerra constante de loucos INFELIZES. Não se justifica um conflito se a pessoa é feliz com a sua loucura. O conflito surge exatamente porque as pessoas vivenciam as loucuras geradoras de sofrimento. Ajusta a tua loucura para ela possa te oferecer felicidade. Passar por este planeta sofrendo é uma grande merda. Se você não é feliz, mude de loucura.(É evidente que não é tão fácil assim, mas é muito possível.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário