.

.

.

.

sábado, 26 de outubro de 2013

MENTIRAS DE MECÂNICO

A velha expressão "mentiras de pescador" tem que ser urgentemente substituída por "mentiras de mecânico". Eta raça pra mentir!
A hiper-especialização condena as pessoas a um conhecimento profundo e estreito. Eu prefiro o eclético, um conhecimento superficial e amplíssimo. Sei que estou na contra-mão da história e das tendências. Não me importa. O pior para mim é  ser especialista em ventrículos e nem suspeitar das aurículas que estão tão perto. Encaminhamo-nos para este absurdo.
A hiper-especialização nos leva a confiar nos especialistas e expôr sem pudor a nossa total ignorância. E é pela nossa ignorância em certos domínios que nos sodomizam sem hesitação. Eu disse sodomizar, eu sou um cara educadíssimo.
Os especialistas"fazem-nos uma criança nas costas" porque o ser humano é impiedoso diante do mais fraco. Por você não conhecer minimamente o jargão do Direito, você é indecentemente enganado pelo nossos ínclitos e egrégios advogados, por você não conhecer o jargão da medicina, você é ou pode ser morto pelos nossos assépticos e impolutos médicos,(sempre achei que os médicos , os laboratórios e os farmacêuticos estavam mancomunados para nos ferrar) por você não entender nada de informática, você é surrupiado pelo pessoal das novas tecnologias e velhas vigarices e por você não conhecer mecânica de automóveis esses desgraçados te põem a pedir esmolas na praça.
Inventaram até a "rebimboca da parafuseta", a "mola da grampola", a "arruela da grapeta", para denunciar as práticas desonestas desses caras. Dia desses o meu último mecânico disse-me que o problema  do meu carro era a compressão no bico injetor. Fiquei na mesma, com uma cara de parvo olhando para ele. Que merda é essa? A explicação foi muito pior que a expressão. E aí, senti o dinheiro abandonar a minha algibeira. Fui roubado.
Vou escrever uma postagem sobre fobia à verdade. A nossa sociedade é "Veritófoba" ou padece de Aletéiafobia. É só mentira. Estou cercado de mentira por todos os lados. Só não sou uma ilha porque me obrigam a mentir também. E eu diga-se de passagem, amo a verdade, sou "Veritófilo".

Ao longo de trinta anos aproximadamente já tive muitos mecânicos. Quase ia escrevendo " já tive muitas amantes", acho que daria no mesmo. O projuízo seria quase igual. Todos os mecânicos que tive me roubaram à exceção de João que morava em Santa Tereza de saudosa memória. Que deus o tenha em lugar confortável, com muita comida e  bem arejado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário