.

.

.

.

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

O OBSCURO PRAZER DE DISCORDAR

A DISCORDÂNCIA GRATUITA

A discordância argumentada é a melhor coisa do mundo. Eu gosto de polêmica. A concordância forçada, puxa-saco, é uma das coisas mais nojentas que existem.
Hoje, quero me referir a mamíferos que discordam de tudo o que você diz sem a mínima argumentação decente. Você diz azul, ele diz preto, você diz A, ele diz B. É um prazer estranho e misterioso, esse de contradizer por nada. É típico de gente que tem o espírito bichado.(Apresso-me em dizer que isto nada tem a ver com homossexualidade.)
Tenho certeza que essa discordância babaca, oculta sentimentos como inveja, má-fé, admiração, tesão e é óbvio, o desejo infantil de chamar a atenção. São obtusos, os atalhos usados por certos primatas quase depilados, para se exprimir. Ao invés de comunicar o mais abertamente possível, eles jogam poeira na comunicação. E você que se vire para entender essas contra-mensagens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário