.

.

.

.

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

TROCANDO DE PROBLEMAS

" Ninguém é digno de inveja e tantos são dignos de lástima."
 Arthur Schopenhauer

Ainda existem pessoas visivelmente perturbadas emocionalmente que acham que os outros não têm problemas. Só elas são vítimas da crueldade do Sistema. Quanta ingenuidade e ilusão! O teatro social, sempre nos induz a erro. De longe e no Facebook, ficamos impressionados com a massacrante felicidade dos outros. Todos sorrindo para as dificuldades e festejando tudo e mais alguma coisa. Diante de tamanho êxtase, poderíamos até cogitar em trocar de problemas. Nós enterrados em problemas até o pescoço e os Feicebuquistas inveterados numa naice.
Ao invés de acalentar os problemas que têm, as pessoas os negam, os mascaram, os escondem e por isso trapaceiam no ato de existir e viver. Convivi anos a fio com gente muito trapaceira. Acabou. Sou um homem cheio de ex-amigos. Os sinceros ficaram para sempre.
Eu não gostaria de ter os problemas do Eduardo Paes. Cada situação tem os seus inevitáveis problemas. Existem os problemas da solidão e os problemas do casamento. Existem os problemas do anonimato e os problemas da celebridade. Quem não tem os problemas da pobreza, tem os problemas da riqueza que não são poucos.
O ser humano em contato com  esta atmosfera gera problemas. Parece que há uma incompatibilidade entre o planeta e a espécie humana. Acho que estamos no lugar errado. Este planeta não deveria ser para nós. Houve algum erro cósmico-metafísico. O planeta é mais apropriado para animais selvagens do Serengeti.
Como estratégia existencial, acho muito mais adequado fazer as pazes com a própria angústia do que elocubrar e achar que há seres humanos sem angústia. A inveja é o sentimento dos idiotas. Só quem é muito idiota pode nutrir o sentimento da inveja. O idiota não consegue perceber que outro mente e finge o tempo quase todo. Fomos todos treinados para isso através do que chamam de educação. Não somos inteiramente sinceros com ninguém, por vezes nem conosco.
Então é isso. Eu devo a minha felicidade e alegria atuais a todos os problemas que tive que enfrentar e superar. Vamos parar de querer achar chifre na cabeça de cavalo ou cabelo em casca de ovo. Estou ficando sem paciência para o delírio coletivo.
Será que esta frase é dele?

Um comentário:

  1. KKK, gostei dessa parte do Facebook ! Tb. não entendo essa necessidade de apresentar uma falsa felicidade ! Se fosse pelo facebook todo mundo têm uma
    vida maravilhosa, cheia de festas, viagens mirabolantes ( ninguém mostra a
    conta ), amigos bacanas e animados ! As vezes dá vontade de postar umas fotos do
    tipo: eu com dor de barriga, eu de manhã com cara de sono todo amassado, e por aí afora ... Abraço

    ResponderExcluir