.

.

.

.

sexta-feira, 25 de abril de 2014

POR ONDE ANDAM OS CANALHAS?

Todos têm um discurso pronto e decorado para se promoverem à categoria das melhores pessoas do mundo. A população mundial tem aumentado consideravelmente,( a super população vai acabar por nos extinguir) por conseguinte o número de canalhas também. Claro que não é proporcional. O índice de canalhas é sempre muito maior que as taxas de aumento demográfico. Mas afinal, onde estão os canalhas?
A prova irrefutável do aumento dos canalhas é o estado do planeta. O planeta tem piorado sobremaneira desde a minha concepção. Ninguém se assume como canalha. O canalha deveria pelo menos ter a quase dignidade de se assumir como tal. Dizem que Brasília tem a maior concentração de canalhas por metro quadrado, mas nem parece. Um manto gigantesco de hipocrisia cobre toda essa gente.
Nunca na história deste planeta os malefícios dos canalhas foram tão evidentes. E já que está tudo tão escancarado e visível, por que os canalhas insistem em se esconder? Canalhas, apareçam! Gostaria muito de conhecer um canalha que saiu do armário.
Os viados já se assumiram, os sapatões também, os comunistas não comem mais criancinhas mas tornaram-se execráveis ditadores, a guerra fria acabou, embora sempre haja uma ameaça iminente para humanidade, o real é uma utopia porque é tudo virtual, as crianças mandam nos pais, o trabalho é assediado, deus está moribundo e o capeta assumiu, vive-se mal  e excessivamente, já se descobriu quase tudo, menos as tocas dos canalhas.
E aí canalhas? Cadê vocês? Tutti buena gente, não cola mais.


Nenhum comentário:

Postar um comentário