.

.

.

.

quinta-feira, 3 de abril de 2014

A FRAGILIDADE E A ESTUPIDEZ DO INTERNAUTA

Punheteiras chinesas não existem
A seguinte notícia vem sendo veiculada com alguma insistência na Internet.

China regulamenta profissão de Punheteira e a classifica como grau de risco 4

Profissão: masturbação
Em algumas clínicas nos Estados Unidos, para coleta de material destinado a espermograma, eles dão aos pacientes umas revistas pornográficas. No Brasil é entregue um recipiente em uma sala isolada. Mas na China há um cargo profissional regulamentado exclusivamente para mulheres denominado Punheteira (coletora de esperma).
Benefícios
Os salários das Punheteiras são de R$3.700 (aqui já convertido em real). A classificação dessa função relativa à segurança no trabalho é Grau de Risco 4. Alguém pode estar se perguntando: que risco haveria em tal tarefa? Segundo a Norma Regulamentadora nº 32, na China, as funcionárias estão expostas a grandes riscos, podendo adquirir lesão por esforço repetitivo (LER).

A VERDADE SOBRE ESTA SACANAGEM

Profissionais colhendo sêmen de pacientes manualmente. A profissão intitulada Punheteira que é regulamentada na China? Será que é verdade ou mentira?

Profissão Punheteira - Verdade ou mentira?Profissão Punheteira - Verdade ou mentira?Profissão Punheteira - Verdade ou mentira?
No início deste ano o S1 Notícias, sites e vários outros veículos publicaram a história para lá de inusitada na China que há profissionais especializadas na coleta de sêmen. Na busca para obtermos autenticidade dos fatos encontramos menções a esse fato, com algumas imagens.
De acordo com a notícia, a profissional denominado Punheteira (coletora de sêmen) é uma profissão reconhecida na China com salário de cerca de R$ 3.700,00 mensais.
As fotos mostram algumas moças uniformizadas e usando luvas de látex para fazer o colhimento de material dos doadores através de masturbação.
Verdadeiro ou farsa?
A história é falsa!
O site chegou a uma conclusão; O história não surgiu só aqui no Brasil, mas também em diversos outros países, com pequenas modificações. Na versão em inglês, por exemplo, é citado até o nome de um hospital em Xangai onde estariam fazendo a coleta assistida.
O rumor foi tão forte que o banco de sêmen de Xangai teve que vir a público se pronunciar, avisando que tudo não passou de mais um boato da web.
Em entrevista ao China.org.cn, Li Jin – um funcionário do hospital Renji – afirmou que lá “no hospital” nunca houve enfermeiras para ajudar na coleta de esperma. E que isso é feito pelo próprio doador, sozinho em uma sala especial, “para proteger a privacidade do doador, não é permitido tirar fotos ou filmar no banco de esperma.”
De acordo com o China.org, o banco de sêmen de Xangai foi criado em 2003 e nos cinco anos de existência, havia ajudado cerca de 700 mulheres a engravidar.
As fotos
As imagens que acompanham a notícia falsa são trechos de um filme pornográfico produzido pela Soft On Demand, uma empresa japonesa de filmes. Sua divisão para filmes adultos, a SOD Create, faz e distribui filmes pornográficos desde 1999.
Conclusão
História falsa. Não existe a profissão Punheteira (coletora de sêmen) humano na China.
ESTE FATO EVIDENCIA VÁRIOS ASPECTOS E PROMOVE AS SEGUINTES REFLEXÕES: 

1- O quanto em pleno século vinte e um, depois de desmistificado o sexo, (sexo não é mais tabu) as pessoas ainda estão profundamente ligadas a qualquer referência alusiva ao assunto.

2- O caráter emburrecedor da Internet que altera consideravelmente os percursos sinápticos e faz com que as pessoas sejam incapazes de refletir. Pensar, todos pensam; refletir é para muitíssimo poucos.

3- Uma reflexão miserável desmentiria essa notícia ridícula. Num país que exporta gente para trabalhar na África, numa ditadura de proletariado onde as pessoas não têm direitos e tudo lhes é imposto, como o governo chinês se daria ao luxo de pagar um salário para extrair sêmen?

4- Como o esperma poderia ser coletado por enfermeiras se ele literalmente jorra? Muito inverossímel.

5- Num país onde  se pratica o controle da natalidade de forma sistemática e fascista, para que diabos serviriam os supostos bancos de esperma?

6- Como já afirmei em postagens anteriores, graças à riqueza e à diversidade pornográfica da internet, nunca na história deste planeta, se tocou tanta punheta e o seu correspondente feminino, a mítica e misteriosa siririca. Ao verem a palavra punheta, todos se sentiram atraídos e identificados com o que julgo tratar-se de uma excêntrica manifestação sexual.

7- Mea Culpa. Num primeiro momento, eu também caí na pegadinha dessa notícia esdrúxula. Esta é uma crítica com efusiva e entusiástica  autocrítica.

8- Eu poderia continuar enumerando, mas tenho que trabalhar amanhã porque infelizmente o regime é capitalista, cruel e desumano. Temos que dar um basta à punheta e revalorizar a phoda arcaica.

6 comentários:

  1. Rindo muito com o tópico 8. Abraços do Jorge

    ResponderExcluir
  2. Detalhe! A foto está circulando pelas redes sociais novamente!

    ResponderExcluir
  3. Parei aqui a essa altura do campeonato pq acabei de ver de alguém que postou no face.

    ResponderExcluir