.

.

.

.

quarta-feira, 16 de julho de 2014

O BINÔMIO DAS FALÁCIAS

  AMOR E AMIZADE
Este blog é uma experiência de questionamento pessoal. Por extensão, ele poderá ser válido para todos quantos sentem cheiro de queimado no ar ou qualquer pestilência mais sutil e característica, diluída no fedor geral. Para mim, é uma consequência naturalíssima do cronos e não só.
Conceitos facilmente assimilados, com o passar dos anos, parecem inconsistentes, isso para dizer o mínimo. Amor? Mas que merda é essa que as pessoas chamam de amor? Em 95% dos casos, trata-se do prodígio hormonal. A produção hormonal em doses satisfatórias sempre induz as pessoas a erro. Não é amor porra nenhuma. É a imersão do outro num caldo hormonal e cultural adequados para tornar o coito mais civilizado e menos animalesco. Os babacas e a mulherada insuportável, chama isso de "fazer amor". Será que existe expressão mais filha da puta do que esta? É de um cinismo a toda a prova. Vão fazer sexo, porra!  Deixem o amor em paz! Respeitem o amor.  Se é que vocês conhecem esse sentimento! Esse amor xoxotizado, esse amor bráulico me dá nojo.
Por favor me poupem dessas supremas hipocrisias refinadas. Hipocrisia não é uma questão de idade, mas à medida que envelheço estou cada vez mais refratário a teatrinhos, mentirinhas, falsidades e velhacarias. Sou sincero e tudo leva a crer que se não morrer antes, serei um velho de uma frontalidade criminal. Sim porque a verdade sempre ofende o abominável status quo.
No que diz respeito à amizade é a mesma coisa. Quem é verdadeiramente amigo de quem? É o cacete, meu irmão! Vão enganar a puta que pariu! O que as pessoas chamam de amigos são pessoas que só visam interesses próprios. Vampirizam emocionalmente os outros, só pensam neles, só neles e se dizem amigos. Não quero mais amigos desses.
Se amizade verdadeira fosse tão fácil assim, você não teria apenas 3 ou 4. Tudo falso pra cacete!
Todo mundo mergulhado, naufragado e afogado no próprio umbigo e falando de coisas raras e nobres como o amor e a amizade. Vão ver se eu estou na esquina!

2 comentários: