.

.

.

.

sábado, 26 de julho de 2014

OS ROMÂNTICOS

" Os românticos têm mais é que se foder."
Antônio Abujamra

Campanha contra as Drogas
Tão bonito e tão improvável. Tão irresistível e tão ineficiente. Dois passam a ser um só. É a vida uterina revisitada com orgasmos e tudo. Uma maravilha! 
O romântico tem que estar apaixonado ou seja meio drogado pela descarga de Dopamina que caracteriza as paixões. Drogado, ele passa a ver coisas que ninguém vê. E quem vê o que não existe, tem mais é que se foder "memo." Ah, também tem que estar com a libido em dia. Sem libido não há romance, nem romantismo, ao contrário do que pensam alguns delirantes.
A paixão é alucinógena. O pior é quando passa o efeito da droga. Aí, é um chororô danado.  É o sofrimento atroz pela síndrome de abstinência.
Como todo adicto, o apaixonado pode passar a vida inteira procurando drogas-paixões. A paixão é uma cocaína interna. Aliás, a cocaína é muito procurada e viciante porque produz uma descarga abrupta e colossal de dopamina, o neuro-transmissor do prazer. A paixão desencadeia exatamente o mesmo mecanismo com menos efeitos colaterais, talvez.
Que pena! Tem gente faturando alto por conta do romantismo delirante. Vide o "trago a pessoa amada em três dias", "a terapia do amor" da igreja universal e os psicólogos e psicanalistas que enchem os bolsos graças ao romantismo. O romantismo é um projeto que sempre fracassa; é só uma questão de tempo. 
A juventude é a principal vítima desta praga civilizatória. Hoje, verifico no entanto, uma desintoxicação progressiva dessa calamidade. Atualmente, os jovens resistem mais aos falsos apelos da romantocaína, mas ainda se viciam.
Não há mais propaganda de cigarros nas mídias em geral. Entretanto, recrudescem as publicidades do amor fácil e decadente chamado romantismo. Somos bombardeados todos os dias por músicas e outras estratégias que induzem as pessoas ao vício.  É muito penoso e até impossível, combater esta catástrofe globalizada. Só a O.M.S. para nos ajudar.
Creio na possibilidade de relações humanas,  mais honestas, mais maduras, mais sóbrias, mais frugais,  e por isso mesmo, mais reais e menos folclóricas. Sonho com relacionamentos desprovidos desses temperos químicos e culturais, deletérios e ancestrais que provocam muitas distorções trágicas e muito sofrimento inútil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário