.

.

.

.

quarta-feira, 22 de abril de 2015

A SOLIDÃO TABU

PAREM DE FALAR MAL DA SOLIDÃO
Começo com Galeano nesta frase-síntese absolutamente genial.
" Só quem está só pode eventualmente se encontrar."
Joaquim ESTEVES
Comecei com Galeano e continuo comigo. Não chego a ser genial, mas tenho a coragem e a vontade de propalar para o mundo inteiro que solidão  não é coisa ruim.
No ocidente somos doutrinados e condicionados para achar que tudo o que há de muito bom e precioso está fora de nós. Todo o árduo e injusto processo educacional consiste em roubar o indivíduo de si próprio. As pessoas não se dão conta, mas vagam por aí afora sem se pertenceram, perdidas e muito longe das suas essências. 
Numa sociedade viciada em falsos conceitos e que se alimenta de mitos, a solidão é difamada. Enaltece-se a vida em grupo como ideal de felicidade infalível e não é nada disso. Para um animal gregário, a solidão é vista como uma aberração e não é. É aqui que quase todos se enganam e se fodem. Ai de quem não tomou conta de si e desliza bêbado pelas ladeiras traiçoeiras da assim chamada vida social! 
A felicidade não está na dispersão e na pulverização do seu ser, mas na sua concentração em seu íntimo. É possível ser feliz sozinho. O que é muito improvável é ser feliz dependendo da presença do outro. 
Dê um jeito na sua vida. Afaste-se um pouco do bando para pensar, meditar e recuperar as energias que o grupo te furta. O grupo pratica abertamente a extorsão da sua sanidade e das suas energias. Nunca haverá harmonia fora de você. Dentro de você, a harmonia é possível e eu nunca falei com Buda.
Descubra urgentemente quem mora dentro de você e não aceite opiniões alheias, muito menos dos psicanalistas e dos soi-disant líderes espirituais. Ninguém sabe nada de você. Os outros só julgam o que você pode mostrar e você é muitíssimo mais do que a sociedade permite que você mostre. 
Vá com calma, vá com segurança e tenha o prazer inédito de abraçar essa pessoa desprezada que aguarda há muito tempo pelo tom da sua voz e pelo seu reconhecimento. A solidão é a sua festa. Reconcilie-se com a sua criança, com a sua história, com as superações e descubra que os outros dos quais você pensa depender não passam de um sopro breve de grande ilusão. 
E para o seu deleite ou não, segue o que já foi dito sobre solidão.









Nenhum comentário:

Postar um comentário