.

.

.

.

terça-feira, 28 de julho de 2015

CELEBRIDADES DESTRUÍDAS PELA PLÁSTICA

AS VÍTIMAS DA VAIDADE 
. Introdução
Populares há décadas, as cirurgias plásticas têm sido um bálsamo para quem quer retardar o envelhecimento da pele ou mudar o que não lhe agrada no rosto ou no corpo. Redução de rugas, preenchimento de lábios ou implante de silicone nos seios estão entre as modalidades mais frequentes. Muitas mulheres saem lindas da sala de cirurgia, atestando o sucesso do procedimento. No entanto, nem tudo são flores: há quem fique simplesmente horrível após uma intervenção desse tipo. Isso ocorre em geral porque algumas pessoas se viciam nas operações e acabam passando do ponto. Confira as beldades destruídas pelo bisturi.
Mickey Rourke
Ator
· Mickey Rourke é um premiado ator, roteirista e ex-pugilista americano.
· Nascimento: 16 de setembro de 1952 (62 anos), Schenectady, Nova Iorque, EUA
· Altura: 1,80 m
· Peso: 77 kg
· Arte marcial: Boxe
· Cônjuge: Carré Otis (de 1992 a 1998), Debra Feuer (de 1981 a 1989)

· Filmes
O Lutador
2008
Sin City ‑ A Cidade do Pecado
2005
Homem de Ferro 2
2010



Joan Van Ark 
A atriz norte-americana Joan Van Ark, de 71 anos, se destacou por sua participação na premiada série "Dallas", em 1978. Na época, exibia um belo sorriso e um olhar enigmático. Tudo isso poderia se desfazer aos poucos com a natural ação do tempo, mas ela deu um jeito de acelerar o processo, durante décadas, com uma bateria de cirurgias plásticas cada vez mais frequentes e desastradas. O resultado é um rosto cadavérico, com olhos mortiços e lábios ressequidos. Um close é o bastante para ver que as mudanças não foram para melhor.
Donatella Versace
A estilista italiana Donatella Versace já não era examente uma beldade nos anos 1990, quando se tornou viciada em cirurgias plásticas. Mas ela não poderia ficar de fora desta lista, já que o resultado é comentado por 10 entre 10 publicações do mundo das celebridades. Os lábios enormes são o ponto "alto do trabalho", mas há também falhas nos olhos, nas maçãs do rosto e em outras áreas. Definitivamente, ela precisa escolher melhor os profissionais que contrata. Ou então apelar para o bom senso.
Kelly LeBrock
A atriz e modelo norte-americana Kelly LeBrock era uma das musas mundiais dos anos 1980. Suas participações em filmes como "Mulher nota 1000" renderam muitos suspiros entre os marmanjos. Hoje, aos 54 anos, ela poderia muito bem integrar a galeria das mulheres maduras que mantiveram a beleza com o passar dos anos, mas as operações comprometeram sua beleza natural. Os lábios preenchidos em demasia e a pele hiperpuxada deixaram evidente a idade e as intervenções médicas.
Meg Ryan
A atriz norte-americana Meg Ryan é outro exemplo de atriz que se tornou musa do cinema nos anos 1980. Mas, ao contrário de Kelly LeBrok, destacava-se pelo rosto angelical e sorriso puro. Tudo isso é coisa do passado. Uma série de intervenções cirúrgicas deixaram marcas profundas na artista, que hoje comparece a eventos com uma aparência pálida e cansada, mesmo que esteja sorrindo a todo momento. Os cabelos detonados também não ajudam muito na aparência, mas um olhar mais atento pode comprovar: as cirurgias plásticas foram mesmo as grandes vilãs.

Nikki Cox
O sorriso era uma das marcas registradas da atriz norte-americana Nikki Cox. Famosa por atuar em séries como "Baywatch" ("SOS Malibu" no Brasil) e "Star Trek: A Nova Geração", ela deu os primeiros passos nas cirurgias plásticas antes mesmo dos 30 anos. Hoje, aos 36, ela apresenta um ar envelhecido. O belo sorriso ficou escondido entre lábios exageradamente dilatados, enquanto o rosto foi tomado pelas maçãs inchadas. Se antes mesmo dos 40 anos ela acabou com a beleza, é de se imaginar o que virá nos próximos anos se ela continuar recorrendo a esse tipo de intervenção.
Leslie Ash
A britânica Leslie Ash teve como ponto alto na carreira sua participação na série "Men Behaving Badly", sucesso na TV local nos anos 1990. Dona de um belo rosto, a atriz jogou tudo isso fora ao submeter-se a uma bateria de cirurgias plásticas que não deram lá muito certo. Hoje, aos 54 anos, as rugas não apenas continuam lá como agora são acompanhadas de fortes vincos no rosto, que denunciam o excesso de operações na face. A boca ficou extremamente esticada e quando ela sorri, remete levemente ao coringa, o sinistro inimigo de Batman.
Jocelyn Wildenstein
Hoje, a socialite suíça Jocelyn Wildenstein tem 73 anos. A esta altura da vida, não é nada demais ter um rosto envelhecido, com muitas rugas. Mas ela não concordava com isso décadas atrás e resolveu fazer diversas intervenções. Foram ao todo sete facelifts, além de injeções de colágeno nos lábios, bochechas e queixo. Ela teria gasto mais de US$ 4 milhões em cirurgias plásticas para se manter jovem. O resultado é aterrador: seus olhos quase chegam às orelhas e sua boca ficou deformada, com vincos profundos nas laterais. Melhor teria sido envelhecer naturalmente.
Melanie Griffith
A atriz norte-americana Melanie Griffith se fazia notar rapidamente, mesmo de longe, graças aos seus olhos verdes. Hoje, aos 56 anos, ela continua sendo facilmente vista a distância, mas não por um bom motivo. A mulher do astro Antonio Bandeiras se submeteu a uma série de cirurgias plásticas. Aplicou botox no rosto e fez preenchimento labial, além de outras intervenções. Hoje, ela não lembra nem de longe a bonita atriz que foi há pouco tempo atrás. Enquanto outras mulheres bem mais velhas que ela aparentam ter 30 anos, ela ganhou aparência de uma septuagenária.
Michaela Romanini
A socialite italiana Michaela Romanini, de 40 anos, já foi uma mulher lindíssima, cujo rosto remetia aos melhores momentos de Sophia Loren. Ou seja, ela tinha os típicos traços mediterrâneos que encantam os marmanjos mundo afora. Mas o medo de envelhecer é um perigo e nossa colega resolveu fazer de tudo para se manter o mais jovem possível. Além de não ter conseguido isso, ela ficou horrível: os lábios preenchidos em excesso e a pele esticada demais não impediram o aparecimento das rugas. Para completar o cenário de desastre, os olhos ficaram esticados, oblíquos e totalmente artificiais.
Esse, vocês conhecem.
E esse?  
Outras aberrações da minha pesquisa.




Casos bem sucedidos 
A cirurgia plástica não tem apenas aberrações. Existem casos em que ela se faz necessária, é extremamente eficaz e benéfica. Uma maravilha!

Nenhum comentário:

Postar um comentário