.

.

.

.

terça-feira, 18 de agosto de 2015

A pose contínua

Ontem, ao observar certas e determinadas pessoas em plena atuação no teatro social, tive a certeza mais do que absoluta que existem indivíduos que não abandonam nunca o seu lugar social. São, os que eu poderia chamar de "civilizados sem alívio" ou "aculturados sem sossego nem hiato." Chega a me dar aflição. Não relaxam jamais. E esse comportamento fortemente influenciado pela onda nefasta do politicamente correto, está na moda.
Quem não abandona nunca o seu lugar social, o seu lugar profissional, o seu lugar familiar, o seu lugar conjugal, o seu lugar religioso, o seu lugar condominial, dificilmente terá fácil acesso ao seu próprio lugar. 
Quem não está em contato frequente com seu eu mais recôndito, está fadado a não ser feliz e viver as piores tempestades interiores. Então, relaxa um pouco, baby!

2 comentários: