.

.

.

.

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

O complô dos canalhas

Aproveitando-se desta frouxidão na escala de valores que já vigora há largas décadas, todos os canalhas do Brasil que já povoam o maior covil de ladrões de que se tem notícia, foram arrancados dos seus esconderijos ao mesmo tempo.
É tanto dejeto, tanto excremento, tanto fedor, que vivemos uma das maiores indigestões morais da história do Brasil.
Detesto chover no molhado e para não dizer o que muitos já disseram, acrescento apenas que agora tenho certeza absoluta que certas almas também defecam. O espírito humano evolui a tal ponto, que na pós-modernidade, até adquiriu a capacidade de soltar flatulências e evacuar. E quem não tiver ânsias de vômito está com a alma doente.

2 comentários:

  1. Bom dia amigo infelizmente estamos passando por uma crise de identidade moral sem precedentes tenha uma ótima semana abcos

    ResponderExcluir