.

.

.

.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

SOLIDÃO E LIBERDADE

" Quem não ama a solidão também não ama a liberdade: apenas quando se está só é que se está livre."
Arthur Schopenhauer
É isso mesmo. E ainda há pessoas que não gostam de Schopenhauer. Não gostam porque não o conhecem. Baseiam-se nas falsas reputações. Aliás, todas as reputações são falsas.
Para a maioria que foi educada para depender, esta frase é indeglutível. No culto à dependência, não há lugar para a liberdade, muito menos para a felicidade. "Independência ou morte" não é uma boa frase para a nação brasileira, mas é uma excelente frase para qualquer pessoa.
Jesus impressiona pela sua retórica. Uma frase que me impressiona do Jesus é:" Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará." A verdade do Cristo não me interessa, mas a verdade é sempre libertadora, nisso ele tem razão.
Para quem foi treinado para olhar sempre pra fora, esta frase não faz sentido. A grande maioria espera  que tudo venha de fora. Só estão atentos aos movimentos exteriores. Nunca foram educados para introjetar, para se ensimesmar. A cultura oriental favorece muito mais a introjeção. Esta frase dita por um ocidental destoa do padrão de pensamento em vigor há séculos. A humanidade só quer fugir de si mesma e da sua condição e isso não traz bem-estar nenhum. É um caminho perverso e estúpido. Quase todos são fugitivos de si mesmos.
Procuram refúgio na família, na religião, nos amigos, nos negócios, no poder, nas drogas lícitas e ilícitas, nos amores e não conseguem porra nenhuma. Continuam infelizes. Esse folclore cultural de amigos e amores e coisas que tais é uma mentira do cacete.
A verdade é assim: aceite que você é só e se vire da melhor maneira. Continue sorrindo para os outros. Mantenha a convivência mas saiba que eles não passam de moscas sobre a sua angústia. Eles não servem para promover a sua felicidade. Eu não estou realizando um exercício de egocentrismo, eu estou lhe apresentando a única solução existencial segura, confiável e duradoura. Procure refúgio em si mesmo. Para isso, faça-se forte.
Eu não quero fugir de mim mesmo apostando em coisas exógenas. Eu quero ficar cada vez mais concentrado em mim, na minha história, nas minhas experiências e no meu aprendizado. Não me interesso mais pelo que os outros dizem e fazem; é irrelevante pra caralho. Eu quero é saber de mim. E não é por ser um grande egoísta que ajo assim. Eu porque cansei de blá blá blá e lero lero.

Nenhum comentário:

Postar um comentário