.

.

.

.

sábado, 12 de fevereiro de 2022

A indústria do pau grande

Criaram o complexo do pau pequeno e para fêmeas vaginais todos têm que ter um pênis de cavalo. A mulher é uma fêmea vaginal. A mulher não é uma fêmea uterina. Pesquisem para saber a diferença entre fêmea vaginal e fêmea uterina.
O pau grande obrigatório é mais uma patologia da civilização ocidental.
A maioria dos homens que acha que tem pau pequeno, tem um pênis absolutamente normal.
Bilhões de dólares são gastos para ter o improvável pau grande. Muitos ficam impotentes na tentativa desesperada de ter o pau descomunal.
É curioso como os homens estão tão preocupados em agradar as mulheres. A fantasia do pau grande é apenas uma quimera erótica feminina e nem contribui para os orgasmos feminais porque 95% dos orgasmos são clitoriais.
Não existe o complexo da vagina larga. Nenhuma mulher se submete a práticas absurdas para ter o canal vaginal estreito. É incrível como os homens são vítimas da sua própria estupidez e da imbecilidade geral da civilização.
O canal vaginal tem em média 15 centímetros. O pau grande é psicologicamente interessante para as mulheres, mas fisiologicamente machuca.
Os asiáticos têm pênis menores porque as mulheres desse continente têm vaginas mais apertadas. Os africanos têm pênis maiores porque as mulheres do continente africano têm vaginas mais espaçosas. No planeta, as coisas se acomodam. 
Agora, em um mundo em que tudo tem dimensões variadas, ter a obrigação boçal de ter um pau equino é uma bosta colossal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário