.

.

.

.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Ninguém se importa muito com você

Cada um de nós carrega esta culpa. Desde o momento em que acordamos, passamos os dias das nossas vidas nos importando muito mais com o que os outros pensam do que com aquilo que realmente queremos. O resultado disso é deixar de fazer muitas coisas de que gostamos, adiar sonhos ou simplesmente esquecê-los, no intuito único de agradar aos outros.
Ninguém se importa com você e isso é libertador
Em muitos momentos, nossas vidas se tornam moldadas pela forma como nós pensamos que outras pessoas nos enxergam. Será que esta roupa vai agradar aquela garota? O que meus colegas vão achar do que eu disse no Facebook? Por que será que aquelas pessoas estão falando mal de mim pelas costas? Se eu deixar este emprego, o que minha esposa, amigos e família pensarão de mim?
Com esta verdade libertadora em mãos, você precisa parar de se importar. Viver uma vida que segue padrões ideais do que as outras pessoas acham é uma péssima maneira de viver.
Isso transforma você num espectador covarde que espera as outras pessoas agirem primeiro. Faz com que você se torne um seguidor. E o pior de tudo, faz você se tornar alguém que não consegue tomar uma posição face ao que quer que seja.
Que tal transformar este dia, no último dia em que vive uma vida ditada pelos outros. A partir de hoje, você precisa seguir você mesmo. Hoje, é o momento ideal para tacar um foda-se para o que os outros pensam. Quer saber o porquê?
Por que ninguém realmente se importa com sua vida?
Você não é um cara especial. Já disse por aqui que você não foi, não é e nunca será o centro do universo; nem eu. Passamos nossos dias pensando  como outras pessoas podem estar nos julgando. Mas a verdade é que você não é tão relevante assim para atrair a atenção e os pensamentos das pessoas por muito tempo.
Um estudo feito pela National Science Foundation – dos Estados Unidos, comprovou isto. Ela descobriu que as pessoas têm, em média, 50 mil pensamentos por dia. Isto significa que, mesmo se alguém pensou em você dez vezes em 24 horas, isto representaria apenas 0,02% dos seus pensamentos diários.
Além disso, uma pessoa normal filtra seu mundo através do seu ego, o que significa que ela pensa na maioria das coisas relativas ao “eu” ou “meu”. A menos que você tenha feito algo que afete diretamente a outra pessoa, ela não vai gastar muito tempo com você em mente.
Esqueça todos e pense em alguns
É impossível viver de acordo com as expectativas de todos. Haverá sempre pessoas que iremos agradar e outras que estarão prontas a julgar nossas atitudes. Você nunca será capaz de impedir que as pessoas te julguem, mas você pode não se afetar por esses julgamentos.
Faça o prático exercício de levantar causas e opiniões sobre qualquer coisa. Você vai encontrar, em seus grupos de conhecidos, pessoas que discordam de você sempre e de qualquer maneira. Então por que não expressar o que você sente verdadeiramente?
É melhor ter o amor e o respeito de algumas pessoas de quem você gosta, do que buscar uma pseudo-unanimidade. Quem realmente te quer bem, te apoiará pelo que você é e não porque você tem a mesma opinião que ela. No fim das contas, são apenas essas pessoas que importam.
A pior estratégia
Quanto mais você se preocupar no que os outros estão pensando, mais todo mundo vai pensar alguma coisa de você. E mais, você vai se tornar obcecado por uma aprovação alheia para agir. Além de se tornar alguém complacente e conivente com todo mundo, achando que isso vai impedir que façam qualquer tipo de julgamento sobre você. E isso nunca vai acontecer.
Agora que você viu as consequências, pare de se importar com o que as outras pessoas pensam. Pode parecer difícil, mas é bem possível.
Inspirado em The Collective Intelligence

3 comentários:

  1. Quantas vezes alguém já fou/escreveu sobre este tema? Muitos, não verdade? Parafraseando o que alguém já disse certa vez: "Tudo já foi dito, mas, como as pessoas esquecem, forçoso é ter que repetílas." - É isso!
    Grande abraço e minha solidariedade nesta caminhada, Joaquim - Vale à pena!

    ResponderExcluir
  2. Este modo de vida é destrutivo e leva muitas pessoas ao suicídio.
    Já passei por aí. Depois olhei à minha volta e disse - Basta!

    ResponderExcluir
  3. TRATADO GERAL DAS GRANDEZAS DO ÍNFIMO

    A poesia está guardada nas palavras - é tudo que eu sei.
    Meu fado é o de não saber quase tudo.
    Sobre o nada eu tenho profundidades.
    Não tenho conexões com a realidade.
    Poderoso para mim não é aquele que descobre ouro.
    Para mim poderoso é aquele que descobre as insignificâncias (do mundo e as nossas).
    Por esse pequena sentença me elogiaram de imbecil.
    Fiquei emocionado.
    Sou fraco para elogios.

    Manoel de Barros

    ResponderExcluir