.

.

.

.

domingo, 15 de julho de 2018

A massificação da produção literária

Não é mais preciso ter talento. Basta ser arrogante o suficiente para intitular-se escritor. Paradoxalmente, numa época de baixíssima criatividade, o mundo pariu escritores em todas as latitudes.
O advento da publicação digital aliado à ausência absoluta da mais ínfima auto-crítica, intoxicou-nos de poetas e literatos.
Só o futuro poderá avaliar adequadamente a pretensão ridícula desta enxurrada incoercível de homens e mulheres de letras.
Misericórdia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário