.

.

.

.

sábado, 15 de agosto de 2020

Contra a prostituição

Eu sou contra qualquer forma de prostituição, principalmente a prostituição sexual. Acho que não se deve negociar com as necessidades do outro.  Percebe-se que eu não sou nem um pouco a favor do capitalismo. 
A prostituição tão decantada e tolerada é completamente imoral. Já pensou se você tivesse que negociar e eventualmente pagar a alguém, todas as vezes que você quisesse defecar ou urinar?
Hoje até existe a prostituição afetiva muito praticada no Japão. 
Eu não sou nem um pouco moralista, o meu padrão de conduta é que é  alto demais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário