.

.

.

.

domingo, 1 de dezembro de 2013

JESUS - O HERÓI DOS HERÓIS

Sempre me surpreendeu a atualidade e o interesse que Jesus suscita. Como uma história repetida à exaustão continua a despertar a mais viva admiração? Como? Essa história cansativa povoa os recantos mais inacessíveis da minha existência. É inacreditável!
De uma forma geral, as culturas cultuam heróis que venceram uma grande batalha ou uma  guerra encarniçada. A atualidade e o interesse que Jesus provoca, estão relacionados ao fato de se lhe atribuir ter vencido a morte. Esta é a chave do imbróglio. Um herói que venceu a morte não nasce todos os séculos.
Com a publicidade  muito competente que foi dada a esse fato, estamos diante de um herói insuperável. Ele venceu o que o ser humano mais teme. Ele suplantou a razão pelo qual se vive.
Não acredito que ele tenha vencido a morte, mas admito que esta história trás muito conforto emocional a certas pessoas. Para essas pessoas, acreditar nisso é uma terapia radical e definitiva. Essas pessoas têm tanta necessidade de acreditar nessa história que condenam à fogueira quem não consegue acreditar nisso, por mais que tente. Também existem coisas maravilhosas fora das religiões.
O herói dos heróis nunca me convenceu; só quando eu tinha  dez anos de idade. Para mim ele está mais para Che Guevara desarmado da Galileia. Amen.

Nenhum comentário:

Postar um comentário