.

.

.

.

domingo, 31 de julho de 2022

O sagrado direito ao autoelogio

Considerando que o bando é bandido e que existem milhões para fazer a tua caveira, tu tens todo o direito de fazer elogios a ti mesmo.
O bando detesta autoelogios porque ao enalteceres-te, tu retiras todo o poder que o grupo acha que tem sobre ti.
Sem esse poder de te engrandecer ou de te destruir com palavras, o bando fica desnorteado e enraivecido.
Todos sabem que a crítica tem a velocidade da luz e o apreço tem a lentidão e a demora de um cágado.
Então, caro amigo, sempre que achares que mereces manifesta sem pudores toda a estima que tens por ti e ponto final.

Nenhum comentário:

Postar um comentário